Quando Smash celebra a si mesmo

Vocês vão me ver falando com frequência de Smash Bros. aqui no blog até o lançamento do Ultimate, hoje eu queria falar do nível de grandiosidade que o futuro jogo da série para Switch está alcançando mesmo em um curto período entre anuncio e lançamento.

A idéia é este texto ter de tudo, casual, competitivo, personagens, conteúdo, etc. Enfim, como todos sabem, desde Brawl, Smash sempre era anunciado cerca de 1,5 à 2 anos antes de ser lançado e as informações sempre vinham em doses muito pequenas, era assim que achavam que se mantinha o hype por Smash mesmo com a euforia à flor da pele. Mas eis que o jogo chega, passamos um tempo aproveitando-o de todas as formas possíveis e depois de um tempo ele é posto de lado, às vezes é como se o hype pré-lançamento importasse mais do que jogar o jogo, e nisso Brawl foi imbatível! O site Smash Bros. Dojo foi por muito tempo um dos lugares mais frequentados da internet sempre em busca de novidades, Smash For tinha o Miiverse e o twitter pessoal do Sakurai para divulgações então meio que não era a mesma coisa de antes mas ainda assim gerou hype para burro, era o primeiro Smash em um portátil e o primeiro onde cada newcomer era apresentado em um trailer centrado em cada um.

Agora chegamos no Ultimate, e pensar que estiveram trabalhando em silêncio nesse jogo desde o fim de 2015 e anunciá-lo no mesmo ano do lançamento, e como eu havia escrito na minha prévia o forte desse jogo é trazer todos os lutadores da série de volta! Isso por si só é surreal, ver o jogo ser anunciado de cara com mais de 60 personagens é algo que nem o fanboy mais obcecado pensaria, e como se não bastasse uma avalanche de informações também viria junto, estágios, itens, opções de combate, tudo disponível de primeira. Dois meses depois mais uma apresentação focada em Smash que nos apresenta a mais estágios, mais itens, mais opções de combate, mais modos de jogo e, claro, mais personagens! Até o dia de hoje são 72 lutadores e 103 campos de batalha, completo com uma megalomaníaca trilha sonora de 800 músicas, OITOCENTAS MÚSICAS, e o jogo ainda não revelou tudo à que tem a disposição.

Embora muita gente veja Smash como um jogo de propaganda, o jogo na verdade é uma celebração, cada Smash é desenvolvido com foco em reunir a maior quantidade possível de personagens, o que consolida Smash como o maior crossover de games de todos os tempos.

Mas e a competição? Será que nesse oceano de conteúdo que é Smash Bros. Ultimate sobrou espaço para a competição mais séria? A resposta é um confiável SIM! Mais do que isso, a gameplay recebeu tratos únicos pensando justamente nessa modalidade, ou seja, Ultimate não é só hype para o fã ordinario de Smash mas também pro jogador competitivo que sempre tratou com receio certas decisões de design dos dois jogos anteriores, inclusive eles vão além mostrando coisas como “você pode fazer isso e isso aqui”, “jogar na defensiva agora não é mais seguro para sempre” (coisa que era um martírio para mim no Smash 4), “o jogo está mais rápido, mais agressivo e mais voltado para combos”, quer dizer, ainda vai ter um ou outro sentindo falta das técnicas do Melee mas vendo como o jogo foi moldado essas coisas são realmente necessárias? Eu sempre prefiro acreditar que o forte do Melee era a liberdade, a ausência de limitações que te deixavam fazer o que quiser dentro das regras do jogo, e eu vejo o design do Ultimate todo pensado em liberdade também, tanto que demonstraram a esmo coisas que você pode fazer no jogo sem a necessidade de apertar um monte de botões, personagens naturalmente menos lagados, dano aumentado em 1×1, eu imagino Ultimate se tornando um jogo bem profundo nesses aspectos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s